InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Boas inteções.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
John Constantine
postador
postador


Masculino Número de Mensagens : 148
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro.
Data de inscrição : 22/06/2008

MensagemAssunto: Boas inteções.   Dom 22 Jun 2008 - 22:39




"Há uma nova versão disponível do Messanger, clique aqui para baixá-la"

É assim pessoal, mais um dia nasce e mais uma vez eu vejo esta querida mensagem, acho que preciso atualizar o messanger, ou parar de ligar o computador, ele anda me deixando cabreiro, porém eu não posso reclamar, é apenas um indício da minha maisnova crise devagabundagem diária, é deprimente mais não é o fim. Agora, vamso ao que interessa:

Prazer, meu nome é John Constantine, e eu sou um... "Mago". Bem, na verdade não sou um mago, mas devido ao meu vasto conhecimento de magia muitos gostam de de me considerar como um, mas se vocês realmente querem pensar em mim como tal, pesso que apaguem aquela imagem cafona do cara encapuzado, isso é idealismo barato do século XVIII.

Brincadeiras a parte, á estou eu, na mesma lanchonete suja, cheia de gordura suja, no meio de pessoas sujas comendo uma comida suja. Reparou na quantidade de vezes que eu utilizei a palavra sujeira? Hora bolas, como eu amo este lugar! Venho aqui todos os dias faz uns seis meses. Não tenho do que reclamar, com o que ando conseguindo por no bolso é altamente besta pensar em jantar em algum restaurante francês, embora eu também odeie a comida francesa e aquele seu macarrão... Não, o macarrão é italiano. Ok, acho que meu trabalho aqui é contar uma história, estou enrrolando muito, por isso vamos ao que interessa:

Boas intenções:

Tudo começou quando eu estava por aí de bobeira procurando algum lugar pra me enfiar, algo ligado ao Rock'n Roll, estava memso com saudade das farras punks que me lembro, não que eu realmente foce fan daquele bando de retardados se espancando em um palco apertado, mas por algum motivo besta me deu vontade de ver algum Show... É amigos, o nome disso é falta de mulher, aos que já passaram por isso digo apreciaria sua compreensão. De qualquer maneira, encontrei uma bandinha qualquer, não possuia o nome mais belo dentre as melhores, mas digo que foi "Shaman" que chamou minha atenção... Não, não se alertem, eu não falo daquela banda farofa de metal brasileira, é algo que faz um som pior ainda, claro que para se fazer um som pior do que o nerd metal você tem que tocar punk rock, e os fâns que venham me xingar, isso é tudo uma "frescurização", até por que dou a vocês o direito de me xingar, eu também já fui vocalsita, o nome da bancoda era Mucous Membran,
conhece? Provávelmente não.

Os panfletos falavam algo sobre um casarão abandonado no quinto dos infernos, me darei um doce quando lembrar o nome do buraco, mas se não me engano não tive dificuldade em tomar um ônibus pra lá. O lugar era bastante exótico, tinha toda uma decoração sinistra cheia de pixações de mal gosto, todas elas símbolos mágicos mal feitos. Seja lá quem estivesse envolvido naquela budega era um péssimo ocultista, quase tão baixo quanto os Skinheads que pixam a swástica ao contrário.

O cheiro de bebida, o cheiro de suor, todo aquele clima suvacal e grotesco davam ao local uma bela cara de mijo, bem do jeitinho que eu gosto, rumo a posição de brochante.

Depois de alguma horas, tendo em vista que a porra da banda se atrasou, não resisti e resolvi fumar um cigarro. Não, não deu certo, meu cigarro foi ofuscado pelo cheiro dos altos baseados que se espalhavam pelo ar. Olho em volta e vejo um bando de adolescentes arruinando suas merdas de vida com drogas. Todos se enganando, talvez por ter um pal pequeno (não arrumei ofensa pras mulheres). Sabe, eu não sou do tipo sentimental, mas esse tipo de coisa me deixa um tanto deprimido... Sorte a minha que não tenho filhos. Bem, na verdade eu tenho um, mas ele é criado por lésbicas... Uma delas me enganou, disse que gostava de mim, eu gostava dela. Depois de trepar com a desgraçada, ela me avisa que só queria um filho pra cuidar junto com sua "parceira". Aquilo me deixa puto até hoje, mas eu não tive coragem de arrebentá-la, eu sou frouxo quando se trata de mulheres.

O povo da banda chega, todos uns fanfarrões, não sei se me lembro o nome de todos eles, mas o guitarrista com certeza se chamava Joseph. Lembro bem dele, pos de todos os rapazes que estavam lá naquele bolo de merda musical ele era o mais xexelento. Não por ser negro, mas por feder e ter a cara de pal de não tomar banho. Digam o que quiserem, jamais acreditarei que aquela coisa tomava banho, nem mesmo se você colocar mil ratos esqueléticos na minha cueca e para que façam picadinho do meu instrumento de trabalho.

Voltando ao assunto: subiram no palco e logo de cara começaram a falar merda. Uns ritos de magia muito mal orados, mas ainda sim perigosos, já senti o peso da negatividade logo de cara, estavam tentando envocar algo do submundo, algo bem mequetrefe pra mim, mas para as pessoas que estavam lá, nem tanto. Lembrei de todos aqueles jovens anti-sociais que me roderavam, no momento pensei se seriam canibalizados, tranformados em alimento para algum demônioo ou alguma coisa do tipo, por isso me preparei, muito mal por sinal.
Como qualquier iniciante eles eram apenas uns posers, e no exato momento em que teminaram de vomitar pela boca, eu pude ver surgindo das cinzas, (ninguém pode, mas eu pude) nada mais nada menos que um elemental do fogo. Sabe, não sei por que caralhos eles queriam aquele troço, mas ele acabou tornando aquele local em um mar de fogo caótico em questão de segundos.
Alguns minutos depois deu recobrar a consciência depois que aquela tábua pegou minha cabeça desprevinida, eu pude ver os idiotas carbonizados no palco. O elemental ainda estava a solta, então eu tive que fazer alguma coisa. Juntei o pouco de conhecimento que eu tinha, e aprisionei o maldito em uma tábua qualquer, só precisei de uma caneta e uma boa memória. Era uma criatura bem fraca, não deu nenhum trabalho pra mim, mas levou uns dez moleques pro inferno naquele dia. Tudo isso por causa da merda dum efeito de palco bizaro...

A todos aqueles que querem pirotequinia em eventos musicais e não tem dinheiro pra pagar por isso, vai um aviso: Não apelem pra magia negra se não forem realmente comepetentes pra isso.


JOHN E A MERDA:

Tive uma amiga chamada Rose, ela era legal, meio certinha, mas gente boa. Tínhamos muito em comum, e sim, rolava uma química, mas nunca fomos até o fim, se você intende.
Sabe, eu era outro homem e ela não era uma amiga do tipo confidente, mas me vi logo ligando para ela sempre que estava puto ou com pena de mim mesmo. Enfim, pra encurtar a história, um dia a gente tava papeando depois de eu ter me fodido feio num caso bem sinistro. E daí eu perguntei: "por que é que eu sempre acabo na merda?"
E então, sem nem piscar ela me disse: "Você não vê John...? É você quem faz a merda."

A música a seuigr foi escutada enquanto eu escrevia:

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Constantine
postador
postador


Masculino Número de Mensagens : 148
Idade : 25
Localização : Rio de Janeiro.
Data de inscrição : 22/06/2008

MensagemAssunto: Re: Boas inteções.   Ter 24 Jun 2008 - 0:09





Fábulas da vida real.



Prazer, meu nome é Michelle, e este é mais um dia comum na minha vida. Acordei, tomeu o café da manhã, escoveu os dentes, mas no final decidi não ir a escola. Não aguento mais aquele lugar, e só o fato de estar ciente de que é necessário estar lá para prolongar a minha existência.

São oito da manhã, minha mãe sai pro trabalho as cinco, estou completamente sosinha em casa. Estou completamente ciente que de alguma maneira ela estará ciente de que faltei de qualquer maneira. Foda-se, eu vou assistir televisão!

Troco de canal insesantemente, não tem nada de especial, nada de notável. Vamos lá: Programa de culinária, programa de culinária, programa de fofoca, programa de fofoca, puta merda. Isso que eu chamo de variedade cultural. Se eu tivesse TV a cabo iria assistir Batman do Futuro, mas acho que nem é mais exibido neste horário.
Pos então, procuro uma fita no meio do lixo do meu quarto. Não tem fitas boas, apenas uma coleção de desenhosinfantis que minha comrpou quando eu tinha sete anos. Sabe, eu adoro esses desenhos bregas da Disney, da época em que ela não era acusada de satanismo, mas de tanto que já os vi, creio que simplesmente não vale a pena.
Estou sosinha em casa, sem opções de entretenimento, sem idéias, sem vontade de comer e sem cede. Resumindo: Não tenho nenhuma motivação.
Não, me desespero, não é deprimente! É uma grande oportunidade para por a cabeça no lugar e refletir... Refletir. Refletir sobre o que? Berght.


"me gusta tocar guitarra
me gusta cantar el "song"
mariachi me acompaña
cuando canto mi cancion"

É tudo que eu preciso saber é tudo que eu sei de mim mesma, a música pra mim é tudo, e nada. Não me vejo neste mundo sem meu saxophone, porém infelizmente hoje ele não está aqui, foi roubado no dia em que fugi de casa, junto com o delinquente que arrancou a minha mão. Não há do que reclamar, ainda posso tocar gaita, mesmo assim me deprime de maneira absurda lembrar disso.
E então, o que fazer? Tenho minhas resvitas em quadrinhos... Já li todas. Álbuns de música, já li todos. Computador. Bem, sempre é opção, mas a firmação só é válida quando você possui um processador em boas condições, queimado é igual a lixo.

Eis o meu simplório dilema: O que fazer?

O telefone toca, pode ser minha bendita salvação, quem poderia ser, quem poderia prolongar minha humilde canção?

O guitarrista... Bem, isso pode ser ruim, ou pode ser bom, isso depende apenas dele. Se for um problema, vai ser ótimo, se for uma descoberta também, mas se for alguma outra coisa, estou perdida.

-Alô, quem fala?
-Alô, alô! Mi bambina, aqui é o guitarrista, prazer em falar com vocÊ novamente, mas creio que preciso de sua ajuda neste exato momento do agora, e você não tem escolha.
-Sei que não tenho escolha, mas antes de me levar ao local desejado, por que simplesmente não explica os porquês de me ligar com tal entusiasmo?
-A sim, claro, tal intusiasmo é ligado ao fato de eu ter sentido extremo prazer em beber aquele chá de camomila que comprei semana passada naquele loca, bizarro, frio e suado cheio de bactérias e não ter morrido! Pense comigo Michelle, isso é foda pra caramba! Melhor do que atingir 75 frags seguidos em uma partida colossal de Quake 3.
-Compreendo a sua motivação, mas devo observar que isto, de londe é tão prazeroso quando atingir a marca de 75 frags seguidos em uma partida colossal de QUAKE 3 até por que os desafios de tal questão são apresentadoa s um nível diferente. Pode-se afirmar que, não é necessáriamente provável que ao consumir certo alimento que recebeu um tratamento plástica não perecível.
-Bull Eye menina! Mas pode falar o que falar, afirmar o que afirmar, dizer o que dizer, e argumentar o que argumentar, de longe você é capaz de tirar o meu sentimento de alegria em realizar tal experiênxia exótica e sem sentido, mas que é linda.
-Sim, quanto a isso vocÊ tem razão, mas voltando ao assunto inicial que gerou a motivação de nossa querida conversa gostaria de saber os porquês de precisar tão urgentemente de minha ajuda, sendo que eu não possuo escolha.
-A verdade é a seguinte rapargia, se dois orks são zlugs, e todos os zlugs são orks, enquanto alguns orks são zlugs, pode se afirmar que os zlugs e orks são criaturas idêntcas, porém isso é de extremo valor irrelevante, por isso chega de protelação e vamosa ao assunto: A mais ou menos cinquenta anos, o nosos grande amigo Fakemaker, mestre das farsas, todos e ninguém ao mesmo tempo era uma linda menina que demonstrava supercapacidade intelectual em algum lugar da nossa alemanha. Genoveve era seu nome, algo que ela nunca nos disse, mas eu não precisei procurar, bastou pedir a ela que deixasse ler seus pensamentos. Sabe o mais legal? Nunca pensei que aquele ser realmente tivera possuído uma forma física estática em alguma parte de sua vida, e o mais doido é: Sempre tive uma idéia masculina dela, não é foda?
-Sim, sim, é foda, mas vamos deixar de comentar coisa inúteis e vá direto ao ponto! Infrento uma maldita crise de ausência de auto-entretenimento.
-Mais do que correto minha nega, então, voltando ao assunto acabo de descobrir a origem secreta dos superhumanso que vem aglomerando o mundo. Segundo aquilo que Fakemaker permitiu que eu lesse, ele ou ela fazia parte de uma elite militar nazista, criada logo após a segunda guerra mundial que recrutava crianças superdotadas no intuito de formar uma espécie de super forrça militar, essas coisas doidas. Papapa, eparatibupum, eles possuíam uma porrada de nomes alemães, quais eu não me lembro agora, odeio falar aquela língua do esporro, mas ela não me dá muita opção, urévaa, isso também é irrelevante. Então, essa elite de superdotados criada para formar o puta super exécito pão com mortadela da parada era formada pro vinte moleques puta mequetrefes, sempre com desenpenho superior aos demais jovens e tinga la gatinga. Então, os malditos eram tratados como super soldados, e receberam uma espécie de tratamento genético que tranformaria sua composição genética, dando a eles superhabilidades específicas que os dividiram em cargos especiais como espionagem, enfantaria, atirados, e etc, é claro que outros possuíam simples poderes exóticos, como por exêmplo: andar sobre a água. Que coisa mais Jesuíta não?
-Interessante suas afirmações, fazem um tanto sentido, mas ainda não inteno o porque de necessitar de minha intervenção.
-Vamos lá criatura sádica, não é assim que funciona, há toda uma manha em explicar. Você devia saber que nenhum cientista pensa como se estivesse faszendo uma dissertação, já eu além de não pensar não faço porra de dissertações e o cacete roliço. Então, essa superelite se viu inútil, pos o projeto não pode ser concluido antes do término da segunda guerra em 1945, o que os tornou quase inúteis, já que não haviaorçamento para manter o projeto. Pos bem, como as primeira submetralhadoras, prontas no término da grande guerra, o chefe cabeça por trás da idéia de jerico foi procurar mercado em outro lugar, e o que ele conseguiu? A recém fundada organização das nações unidas, aquela palhaçada criada por um bando de hipócritas que nos presentiou com os conflitos palestinos e etc's.
-Faz, sentido, faz sentido, então quer dizer que vocês superhumanos são uma espécie de A.I.D.S não é? Feitos com as melhores inteções do mundo, porém por serem mal trabalhados acabaram se espalhando pela sociedade como um câncer... Deprimente, mas sagaz.
-Si, si, então, como não sei a conversa toda, vou contar o problema real. Após Fakemaker, a menina Geneveve petulante ter se afastado dos ideais nazistas e se arrebentado na segunda guerra, nos queridos dezenove membrosse desertaram. Ninguém sabe por que, supõe-se que foi combinado pelos próprios simplesmente largar aquele rótulo de arma de guerra e ir vivendo suas vidas, menos um.
-Sim, é aí que entra nosso supervilão. O chefe Lex Luthor da jogada não é?
-Exatamente! Nosso querido amigo amado por todos Aschenbrenner, sem sobrenome foi o único que se manteve firme a causa. Supõe-se que ele nunca deixou de ser nazista, até mesmo que esteve presente nas idéias loucas de Hitler enquanto era treinado. Segundo Genoveve ele era um tipo espírito de porco, sempre metendo o nariz onde não é chamado, pronto para assumir o controle e derrubar líderes. Pos bem, nossa querida cabeça chefe, a mestra suprema que sabe de tudo acabou de descobrir que ele manteve seus ideais malucos, e conseguiu assumir poder nos últimos cinquenta anos. Aschenbrenner é perigoso, segundo Geneveve sua habilidade era simples: Reflexos altamente desenvolvidos, força além do comum e extrema capacidade de raciocínio, esta mesma que existia bem antes dele receber as alterações genéticas. Geneveve nos diz que ele era "quase" ivunerável. Pelo menos foi o que ele mostrou nos testes de tiro. Suportou o tiro de um panzer, saiu ileso, com apenas alguns arranhões. Osso duro né? Queria ser como ele, seria simplesmente foda, mas infelizmente só o que ue faço é movimentar objetos caralhásticos pelas fodedoras dimensões enuquianas de maneira boladona sem problemas.
-Por que não diz logo telecinese?
-Por que não é tão legal de falar.
-Você tem razão, realmente é do caralho definir as coisas assim.
-Então, voltando ao assunto, nosso amigo, hoje chamado de "Roland Deschein"...
-Rolando Deschein? Não foi o vencedor do último debate pela presidência dos estados unidos da babosérica?
-Sim, este mesmo banana! O cérebro supremo líder de nossas vidas, passos idéias e convicções quer uma investigação apurada das verdadeiras intenções Aschenbren... Shnér, e foda-se, enrroleu a língua sem deixar ovo sobre ovo.
-Não seria pedra sobre pedra?
-Isso aí! Você sacou.
-Sim, saquei.
-Então, levando em conta seu desenpenho investigativo porra louca reunindo as lembranças da última vez que nos encontramos me fez pedir sua ajuda.
-Os outros sabem disso?
-Não, não sabem, mas como eu possuo minha própria "identidade" investigativa, eles deixam eu agir sosinho, então resolvi chamar a tu pra zoar com os moleques.
-Não sei se eu poderia... Sei lá, por que acha que sou capaz? Tenho apenas quinze anso, e uma escola para odiar.
-Besteira, eu construí meu primeiro carro aos treze anos, aos quinze eu já tinha sido campeão da E3 seis vezes no Starcraft, isso não é nada de bagalengonas demas... Até por que, lembre-se que aos quatroze anos você mesma me ajudou produtivamente a derrubar aquela conspiração idiota que tomou conta do ser cérebro supremo e quase nos deixou desempregados... Você sabe o que faz, eu sei o que faz.
-Aceito sem problemas, mas por favor, avise a minha mãe, não quero vê-la chorando como da última vez que eu tentei me matar.
-Avisaremos com certeza! Ha-ha, Miguel vai adorar te ver, você é como uma filha pra ele sabia? E depois que isso terminar eu vou acabar com sua maledita moral idestrutível no Condiction Zero. Tu terás teu fim.
-Me derrotar no Condiction Zero? Você? Um idiota que nem tem nome acha que vai me derrotar... És um fraco ó mortal desafiador das capacidades incompreensíveis de minhamagnitude sobrera nas condições ZERO.
-Ok, para terminar, vamos cantar!
-Si, cantaremos cabron!
-Que bonitos ojos tienes, debajo de esas dos cejas, debajo de esas dos cejas, que bonitos ojos tienes!!!
-Ellos me quieren mirar, pero si tu no los dejas, pero si tu no los dejas, ni siquiera parpadear.
-MALAGENÂ!
-Salerosaaaa!!!
-bejar tus lábios quisiera, besar tus lábios quisiera, Malaguenâ Salerosa...
-Y decirte niña hermosa!!!!
-Ok, já cantamso Michelle ma belle! Câmbio desligo.
-Positivo e operante soldado.

Bem, ele desligou....

Sabede uma coisa? Ele disse tudo que eu precisava, e sim, esta ligação salvou o meu dia, e obstante a tudo isso, garantiu meu futuro emprego... Engraçado como o tempo passa quando a gente fala. Guitarrista seu louco, só não me caso com você por que o Miguel é muito mais charmoso...


FIM?


Última edição por John Constantine em Ter 24 Jun 2008 - 0:12, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dart-
Patrão
Patrão


Masculino Número de Mensagens : 1053
Data de inscrição : 21/06/2008

MensagemAssunto: Re: Boas inteções.   Ter 24 Jun 2008 - 0:11

Brother medo
essas parads são muito sinistras...tu gosta mesmo disso ein....caramba
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://psecret.forumeiros.com
~maa-chan~
Não tenho segredos
Não tenho segredos


Feminino Número de Mensagens : 778
Localização : Em qualquer lugar aonde tenha música
Data de inscrição : 25/06/2008

MensagemAssunto: Re: Boas inteções.   Seg 7 Jul 2008 - 17:13

*glup*

Que estranho! Muito, muito estranho!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Blink
Ativo
Ativo


Masculino Número de Mensagens : 1347
Localização : de baixo da ponte
Data de inscrição : 23/06/2008

MensagemAssunto: Re: Boas inteções.   Ter 8 Jul 2008 - 11:38

nem li sono
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Boas inteções.   Hoje à(s) 3:05

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Boas inteções.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Salvo pelas boas maneiras - Belíssima lição.
» boas
» [Tópico Oficial ] Boas-vindas
» [Tópico Oficial] Boas vindas
» Boas!!!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Paradise Secret :: Fan Service :: Fics e Fanarts-
Ir para: