InícioPortalFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Visual novel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dart-
Patrão
Patrão


Masculino Número de Mensagens : 1053
Data de inscrição : 21/06/2008

MensagemAssunto: Visual novel   Qui 10 Jul 2008 - 12:54



Para quem quiser baixar aqui tem uma porrada
http://utwig.boom.ru/hmm.html
(RECOMENDO ESCANEAR OS ARQUIVOS ANTES DE DESCOMPACTAR PORQUE ALGUNS VEM COM PRESENTES DESAGRADAVEIS "SPAM")

Quem souber de mais sites com jogos do tipo ajudem...e se quiserem comentar tambem tanto faz...ja coloquei um site com tantos jogos que vai ser dificil achar um site que tenha jogos diferentes :P.

E sim eu sou ERO pra caramba mesmo haha



O que diabos é isso?
O nome pode não parecer muito conhecido por aqui, mas entre os fãs de animes e cultura otaku japonesa, é um termo bastante comum. Quem acompanha esse universo com frequência, e procura saber mais do que o basicão(leia-se Naruto, Bleach, One Piece e outros bem populares), sabe bem o que significa o termo Visual Novels. A cada nova temporada de animes que vai ao ar(todo começo de trimestre), pelo menos um deles foi baseado numa. E geralmente grande parte das animações inspiradas em algum jogo desse genêro costumam ser
bem aceitas pelo público. Mas e daí? O que seria uma Visual Novel? Que genêro de
jogo é esse? Bom, para começar, podemos resumir e comparar esse estilo de jogo aos clássicos adventures do ocidente.

Estilo de jogo
Como dito anteriormente, Visual Novels seriam algo como os adventures do oriente. A grande diferença é que esse tipo de jogo tem uma enorme aprovação do público japonês, tanto é, que mais de 70% dos jogos lançados para PC são desse gênero. Mas antes que você, um fã louco de adventures resolva embarcar para o Japão, calma lá! Os dois são apenas parecidos e não iguais. Ambos são games parados e com pouca ação, porém as Visual Novels conseguem ser bem mais estáticas do que os seus parentes ocidentais. Enquanto os adventures ainda permitem ao jogador tocar nos objetos do cenário, e portanto, oferecem alguma "liberdade" de exploração. A sua contraparte oriental é um pouco diferente nesse ponto, tendo uma jogabilidade quase sempre limitada a incontáveis e incansáveis dialógos, que para piorar estão todos em japonês, com os mais diversos kanjis(os famosos ideogramas chineses). Uma das poucas variações a essa maratona de conversa, são as perguntas com múltiplas escolhas, que dependendo da opção do jogador, levam a história do game a outro rumo. Além disso, diferente da "inocência" da sua parte ocidental, as Visual Novels são um tanto quanto "safadas". Grande parte dos jogos do gênero possuem contéudo hentai, pelo menos em sua versão para PC.

Existe graça nesse tipo de jogo?
Pode parecer estranho entrarmos numa loja de games, e comprarmos um jogo que tem apenas dialógos. Porém se o genêro não tivesse valor algum, não teríamos ele dominando mais de 2/3 do mercado nipônico de jogos para PC, muito embora, é do conhecimento ocidental que os japoneses tenham um gosto um tanto quanto duvidoso por jogos. Entretanto, e felizmente, isso não se aplica nesse caso, e mesmo que as Visual Novels tenham de um modo geral apenas conversas e mais conversas com algumas questões de multípla escolha, e um pouco ou bastante de contéudo adulto, encontramos em muitos games do gênero ótimas histórias. Além disso eles possuem personagens artisticamente bem desenhados, todos feitos a partir da técnica do mangá. Jogar qualquer produto do gênero, é quase como ler um livro de ilustrações, tamanha é a qualidade dos traços. A única diferença com as obras literárias impressas se deve ao fato de as Visual Novels possuírem múltiplos finais.


Não existe mesmo interação?
Ok! È um pouco difícil pensar num jogo onde não temos a mínima liberdade, e mesmo entre os produtores desse tipo de game, alguns até tentaram misturar ele com outros estilos de jogos. Um exemplo disso. está presente no game Symphonic Rain, onde o jogador deve tocar instrumentos musicais para avançar na história. Porém exemplos como esse são bem raros, e em sua maioria, acabam não combinando muito bem, fazendo com que tudo continue na mesma. O que pode animar um pouco, ou pelo menos colocar mais interatividade na história, é o fato de alguns títulos possuírem personagens com vozes. A única exceção mesmo é o protagonista, que além de mudo, é invisível aos olhos dos jogadores, ficando quase sempre limitado ao papel de transmitir o enredo em terceira ou primeira pessoa. Fora isso há também algumas cenas em CG, geralmente liberadas de acordo com as decisões do jogador, mas que em termos de interatividade nada acresentam, embora ajudem a aumentar o fator replay.


O que importa é o enredo
Até agora, algo que foi destacado das Visual Novels foi o enredo, e seria um erro se terminasse sem comentar nada sobre isso. Geralmente as histórias envolvem temas românticos, podendo ser também de ficção, fantasia ou terror. Algumas possuem contéudo ecchi(cenas mostrando situações levemente obscenas) ou até mesmo hentai(acho que todo mundo sabe do que se trata). Com relação aos temas adultos eles ficam limitados aos jogos lançados para PC, que não possuem um esquema de classificação tão rigoroso quanto o dos consoles. Quando convertido aos videogames de mesa, as empresas quase sempre acabam lançando uma versão all-ages(todas as idades), sem o material pornográfico. A estrutura dos enredos é comumente separada em capítulos, e os eventos envolvem na maioria das vezes, o dia-a-dia do protagonista, desde o momento em que ele/ela acorda até a hora dele/dela dormir. Agora falando um pouco dos finais, um detalhe interessante a ser ressaltado é a variadade deles, não em termos de quantidade, mas de qualidade. Num mesmo jogo podemos ter o clássico Happy End, ou um final trágico a lá Shakespeare. Há também outros com cenas pornográficas, desfechos neutros, abertos e violentos. As histórias costumam variar de jogo para jogo, mas é bastante normal encontrar presentes alguns clichês da animação japonesa. Entretanto, nada que tire o mérito de algumas das mais conhecidas e eternizadas Visual Novels como AIR TV, Kanon, School Days, Higurashi no Naku Koro ni, Clannad, entre outros.


Comentários finais
As Visual Novels podem não ser um gênero tão conhecido e respeitado por essas bandas, seja por falta de informações ou pele crença de que tudo relacionado ao gênero seja pornografia simples e barata. Não há como negar que muitos games realmente mostrem cenas de sexo, mas é para isso que existem as versões all-ages, geralmente lançadas para consoles. E também, o fato de ter pornografia ou não, de maneira alguma tira o mérito das boas narrativas presentes nesse tipo de jogo. O grande problema entretanto, é que as Visual Novels dificilmente deixam o território nipônico, devido entre outras coisas, a falta de campanhas de marketing fora do Japão, e também as barreiras impostas pelo idioma, já que raramente alguma empresa se propõem a lançar algum título no Ocidente. Geralmente os interessados por Visual Novels, tem que recorrer aos mods de tradução feitos por fãs, em sua grande maioria em inglês, ou senão procurar pela versão anime de algum game, que embora não passe a mesma experiência do jogo, a menos nos permite ter contato com esse universo. Uma pena! Mas para os interessados, vale o esforço.

Animes
Como já havia sido mencionado, é comum as Visual Novels acabarem sendo adaptadas em animes. Para a felicidade dos fãs, a qualidade final das versões animadas costumam ser excelentes. A história do game geralmente é seguida fielmente no anime, embora, obviamente, não seja possível passar aos telespectadores a variedade de finais disponíveis nos jogos. Na televisão também, a maior parte das Visual Novels acaba tendo as suas cenas hentai cortadas, o que é muito bom, pois isso acaba difundindo um pouco mais o gênero. Praticamente todos os games apresentados nesse texto possuem uma versão animada, e de certa forma, causaram ao seu jeito, diversas reações de tristeza, alegria, medo e surpresa nas pessoas. Para quem tiver curiosidade, veja abaixo alguns links das versões em anime desses jogos. Os vídeos são todos de abertura, mas os episódios podem ser encontrados também no Youtube.


Última edição por Dart-Sama em Qui 10 Jul 2008 - 13:00, editado 5 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://psecret.forumeiros.com
Dart-
Patrão
Patrão


Masculino Número de Mensagens : 1053
Data de inscrição : 21/06/2008

MensagemAssunto: Visual Novel [continuação]   Qui 10 Jul 2008 - 12:55

Um pouco sobre algumas Visual Novels

AIR TV


Produtora: Key
Plataformas: PC, Dreamcast, PS2, PSP e Softbank 3G
Site Oficial: http://key.visualarts.gr.jp/product/air/index18se.htm
Abertura do Jogo(PC): http://www.youtube.com/watch?v=41wqCL2lt7Y...non%20Game%20OP

AIR TV é um dos jogos mais conhecidos do estudio Key, sobretudo porque foi uma das primeiras obras da produtora a ser adaptada em anime. AIR é uma mistura entre fantasia, drama e um pouco de filosofia. A história gira em torno de Yukito, um andarilho, cujo único objetivo na vida é encontrar uma misteriosa garota alada. No meio de suas andanças o garoto chega a uma cidade onde conhece uma menina chamada Kamio Misuzu. Yukito acaba se interessando pela personalidade excêntrica dela, e passa a achar que ela é a garota que ele tanto procurava. O enredo foca-se em temas como a familia e o ciclo da vida. O game já teve várias versões, entre adult-versions e all-ages, além de uma versão animada, que acabou arrancando lágrimas de muitos marmanjos por aí.


Kanon


Produtora: Key
Plataformas: PC, PS2, PSP e Dreamcast
Site Oficial: http://key.visualarts.gr.jp/product/kanon/index18se.htm
Abertura do Jogo(PC): http://www.youtube.com/watch?v=5z3daXq4iZc

O segundo jogo da produtora Key, diferente de AIR TV tem uma história mais voltada a romance do que a temas filosóficos. O que permanece é o drama e a fantasia, aliada a ideia de pequenos milagres. Kanon mostra a chegada de Aizawa Yuichi numa cidade fria e pacata, no interior do Japão. Yuichi vai morar na casa da sua prima, pois os seus pais estão de viagem no exterior. Antigamente o protagonista sempre visitava o local, mas por culpa de um incidente ele deixou de visitá-lo durante bastante tempo, e somente retornou depois de passados 7 anos. Assim que chega, ele se lembra bem pouco do seu passado nesse lugar, mas com o tempo irá recordar de todos os seus bons e maus momentos.


Clannad


Produtora: Key
Plataformas: PC, PS2 e Xbox 360
Site Oficial: http://key.visualarts.gr.jp/product/clannad/index.htm
Abertura do Jogo(PC): http://www.youtube.com/watch?v=Ob3CYnF6aSY

Criado depois do sucesso de AIR TV e Kanon, Clannad se diferencia de seus irmão maiores pelo fato de não possuir uma adult-version. O jogo assim como os seus antecessores coloca o jogador no controle de um protagonista masculino. Dessa vez a história será contada pelo ponto de vista de Okazaki Tomoya, que diferente de Yukito e Yuichi está de saco cheio com a vida. Até o dia em que ele conhece Furukawa Nagisa(a protagonista feminina da história), Tomoya achava o seu cotidiano totalmente chato e sem sentido. Clannad retoma um tema já explorado por AIR TV, que é a familia(Clannad em irlândes significa familia), mas dessa vez esse é o tema principal. Enquanto Nagisa tem uma familia unida e sempre alegre, Tomoya vive com um pai bêbado e viciado em jogos, além disso sua mãe morreu quando ele era ainda pequeno. Clannad é uma das Visual Novels mais longas que existem, o game possui ao todo 62 mil linhas de dialógos.


One ~Kagayaku Kisetsu e~


Produtora: Tactics
Plataformas: PC e PS1
Site Oficial: http://sv.force-x.com/~tactics/qtactics/one.htm
Abertura do Jogo(PS1): http://www.youtube.com/watch?v=Okr_6e_nlZE

Esse jogo com certeza pouca gente conhece, mesmo os mais aficcionados pelo gênero tem problemas para encontrá-lo. O game foi lançado no longínquo ano de 1998, bem antes de AIR TV, Kanon e Clannad, e é quase como um avô desses jogos. Aliás é quase isso mesmo, pois a produtora Tactics era formada por muitos dos membros que futuramente iriam compor a atual Key. Diversos elementos presentes nas obras já citadas, estão presentes nessa Visual Novel. Várias personagens femininas em torno de um protagonista, dramas pessoais envolventes, e o sempre presente tema da eternidade(aqui sobre a forma de lembranças) caracterizam One. Nessa Visual Novel acompanhamos a vida de Orihara Kouhei, um cara que retorna a uma cidade depois de muito tempo, apenas para cumprir promessas que fez a várias garotas. A pergunta central nesse game é: Será que elas ainda se lembram dele? Se não, o que fez elas esquecerem?


Higurashi no Naku Koro ni


Produtora: 07th Expansion
Plataformas: PC e PS2
Site Oficial: http://www.alchemist-net.co.jp/products/hi...index_main.html
Abertura do Jogo(PS2): http://www.youtube.com/watch?v=XsZm9qYXHKM

Saindo um pouco dos dramas, romances e fantasias do estudio Key e Tactics, vamos falar um pouco da maneira de se fazer jogos da 07th Expansion. A empresa concebeu o aclamado e violento Higurashi no Naku Koro ni. Aqui nada de garotas extremamente fofinhas, meigas e alegres. O clima e a história do game são bem mais sombrios do que a de outras Visual Novels, e envolvem assassinatos, assuntos paranormais, religião e seitas antigas. O jogador controla Maibara Keichi, um garoto que acabou de se mudar para a interiorana cidade de Hinamizawa(de novo isso!). Hinamizawa, é uma cidade que no passado, havia travado uma guerra contra o governo, pois era contrária a construção de uma represa nas suas proximidades. Depois de declarada a guerra, todo ano, uma pessoa a favor da construção sempre morria após o tradicional festival de Watanagashi. Os moradores acreditavam que as mortes tinham como causa a maldição de Oyashiro-sama, um deus local.


School Days


Produtora: Overflow
Plataformas: PS2
Site Oficial: http://schooldays.0verflow.com/
Abertura do Jogo(PS2): http://www.youtube.com/watch?v=PHYpQc7LEgs
Abertura do Jogo2(PS2): http://www.youtube.com/watch?v=T_eodA7B9LM...ted&search=

Lançado em abril de 2005, School Days conseguiu surpreender ínumeros jogadores pelo mundo, mesmo partindo de um enredo inicialmente simples e banal. A história começa com o estudante de colegial Itou Makoto, que enquanto ia para a escola de trem, num dia como outro qualquer, acaba avistando uma bela garota chamada Kotonoha Katsura. Makoto de cara se apaixona por Kotonoha, mas não sabe como chegar até ela. Acidentalmente uma amiga sua, Saionji Sekai, descobre a sua paixão secreta e decidi ajudá-lo. Porém Sekai não faz isso por pura e simples benevolência, ela também gosta de Makoto, e o ajuda por consideração a seus sentimentos. Com a ajuda de Sekai, Makoto acaba conquistando Kotonoha, e a partir daí a história fica nas mãos dos jogadores. O grande triunfo de School Days se deve a enorme variedade de finais existentes no game, indo desde um final feliz para Kotonoha ou Sekai, até a um trágico e melancólico final envolvendo as três personagens. O último em especial, foi aquele que conseguiu impressionar jogadores do mundo todo, e acabou por eternizar School Days.


Fate Stay Night


Produtora: Type-Moon
Plataforma: PC
Site Oficial: http://www.typemoon.com/fate/
Abertura do Jogo(PC): http://www.youtube.com/watch?v=bD7wF4Tq4JI
Abertura do Jogo 2(PC): http://www.youtube.com/watch?v=R-7RnSWy2j0

Mesclando o dia-a-dia de uma agitada e moderna cidade com elementos de magia, Fate Stay Night é uma Visual Novel um pouco mais "movimentada" do que as outras. Nesse mundo, a cada 10 anos, 7 magos e os seus respectivos servos travam uma guerra para tentar conseguir o cálice sagrado. Quem o possuir poderá ter um desejo qualquer atendido pelo objeto divino. Na atual guerra pelo cálice o jogador acompanhará a epopéia de Emiya Shirou, um simples aprendiz de mecânico, que por acidente acaba se tornando um mago. Para a surpresa da sua colega de colegial Tohsaka Rin, Emiya invocou o servo mais poderoso que existe, Saber, a reencarnação do Rei Arthur. Sempre esperta, Tohsaka decide forjar um pacto com Emiya, e ambos se unem para combater os outros 5 servos e seus mestres na guerra pelo cálice.


Shuffle!


Produtora: Navel
Plataforma: PC e PS2
Site Oficial: http://www.project-navel.com/navel/shuffle
Abertura do Jogo(PC): http://www.youtube.com/watch?v=lzpNlyCFV4U
Abertura do Jogo(PS2): http://www.youtube.com/watch?v=n8QfRZag8P8...0game%20opening

Imaginem um lugar onde três mundos, o dos humanos, o dos demônios e o dos deuses, estejam conectados entre si. Agora imagine que você é um simples, normal e inútil estudante de colegial, com um pouco mais de sorte do que um estudante comum pode ter. Na sua casa vive uma linda garota que faz praticamente todas as atividades dométicas, e é ainda por cima apaixonada por você. E o melhor de tudo, é que num dia comum de aula, duas novas estudantes entram na sua sala, uma vinda do mundo dos demônios e a outra dos deuses. Como ter sorte é algo bem normal, logo elas revelam que somente se mudaram para a sua escola porque queriam disputar entre elas, quem ficaria com você. E calma lá! A sorte ainda não acabou, as duas garotas em questão, são filhas dos líderes da terra dos deuses e dos demônios, e o casamento com qualquer uma, irá dar poderes enormes para o antes inútil estudante de colegial. Shuffle! não tem uma das histórias mais normais, e considerando o fato de ainda ser ecchi, temos aqui uma Visual Novel longe de possuir a profundidade de um AIR TV, Clannad e outros, valendo só a pena conferir se você quiser ver curvas ou dar boas risadas com cenas inusitadas.


Kimi ga Nozomu Eien


Produtora: âge
Plataforma: PC, Dreamcast e PS2
Site Oficial: http://www.age-soft.jp/Product/Kimibo/index.htm
Abertura do Jogo(PC): http://www.youtube.com/watch?v=aMvdsmVEtAM

Trágico é a palavra perfeita para definir Kimi ga Nozomu Eien. O título do game significa algo como: A eternidade que você desejou. Ele relata as mudanças ocorridas na vida de um triângulo amoroso, após um trágico acidente envolvendo um deles. A narrativa dessa Visual Novel é bem mais madura do que a de todas as outras mostradas até aqui, no sentido em que ela aborda e trata de determinados temas, como o sexo e a traição, na visão de uma pessoa adulta. Um ponto interessante do enredo é que ele se foca em dois periodos distintos. No primeiro somos apresentados à vida colegial dos protagonistas até o momento do acidente. Depois disso presenciamos o quanto a vida deles mudou 3 anos depois do acidente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://psecret.forumeiros.com
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Visual novel   Sab 19 Jul 2008 - 17:45

Fate Stay Night e Air-TV realmente mereceram virar anime.

Tem cada anime que eu nem imaginava que era Visual Novel, principalmente FSN
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Visual novel   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Visual novel
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Ford Mercury 49 RAT ROD "FINALIZADO 16/10!"
» Visual Aids Handbook em PDF

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Paradise Secret :: Geral :: Games | RPG | Cards-
Ir para: